Buscar

Carro com atrelado? Saiba que pontos não deve esquecer


Colocar o atrelado na bola de reboque da sua viatura é simples. Mas antes de partir em viagem neste Verão, há uma série de pontos que deve verificar. Siga a nossa lista e, em breve, terá tudo pronto para desfrutar dos dias de sol e calor na estrada.


1 - Peso do reboque

O peso é a primeira questão a ter em conta. E são três os pesos a considerar: o do carro, o do atrelado e o peso máximo que pode rebocar.


Se tem carta de ligeiros, pode conduzir um veículo com reboque de 750 kg (peso bruto) ou mais. Porém, tem de ter em conta que o peso bruto do conjunto carro/reboque não ultrapassa os 3500 Kg.

Se o peso bruto do conjunto ficar entre os 3500 kg e os 4250 kg, será necessário tirar a carta de condução de categoria B+E.


2 - Visibilidade da Matrícula

Quanto ao uso ou não de matrícula, há três situações que deve considerar:


  • Caso o atrelado tenha até 300 kg (peso bruto) ou tape a matrícula do carro que o está a rebocar, vai ser necessário colocar a matrícula da sua viatura na traseira do atrelado;

  • Se o atrelado tiver mais de 300 kg de peso bruto, vai precisar de ter matrícula própria, Documento Único Automóvel (DUA) e seguro;

  • Se o atrelado tiver um peso bruto igual ou superior a 750 Kg e até 3500 Kg será ainda necessário apresentar-se na inspeção periódica obrigatória. A primeira deve realizar-se dois anos após a data da primeira matrícula; as seguintes deverão ser realizadas anualmente;


3 - Luzes

Para circular, os atrelados devem obrigatoriamente ter uma série de luzes. Não deve esquecer que:


  • No caso dos atrelados com uma largura superior a 1,6 m devem ter duas luzes de presença brancas na parte da frente;

  • Na traseira deve obrigatoriamente ter uma luz de matrícula; duas luzes de presença vermelhas; duas luzes de travagem vermelhas (a não ser que as do carro sejam totalmente visíveis); luzes de mudança de direção e, no caso dos reboques registados depois de 27 de maio de 1990, uma luz de nevoeiro.


4 - Os limites de homologação


A homologação dos reboques é nacional. Por isso, se pretende viajar para fora com o seu reboque, é importante que confirme previamente se a homologação nacional é válida no seu país de destino.


Hoje em dia, vários fabricantes já comercializam modelos de atrelados com diferentes homologações, o que torna esta questão mais simples.


5 - Os limites de velocidade


Nas localidades, o limite de velocidade para a circulação de veículos com atrelado mantém-se nos 50 km/h. No entanto, nas outras via a situação é distinta. Nas estradas nacionais o limite desce para 70 km/h, nas vias reservadas a automóveis e motociclos é de 80 km/h e nas auto-estradas de 100 km/h.


Agora que há conhece as recomendações gerais, está pronto para partir em viagem. Se ainda não tem atrelado, talvez esteja na hora de procurar o que melhor se adequa à sua viatura. E para esta tarefa, já sabe. Conte com a nossa equipa comercial que está disponível 24/07 para o ajudar a fazer as melhores opções para a sua viatura.


Fontes:


https://opuscamperportugal.com/pt-pt/tudo-o-que-precisa-de-saber-para-conduzir-com-atrelados-em-portugal/


https://www.circulaseguro.pt/preciso-saber-atrelar-um-reboque-ao-carro/


https://www.razaoautomovel.com/2020/07/conduzir-um-carro-com-atrelado-o-que-e-preciso