Buscar

Transporte bicicletas no automóvel: Soluções e segurança

Em plena primavera, e com a promessa de fins de semana solarengos, são muitos os que decidem aventurar-se em passeios de bicicleta pelo campo, na praia ou na cidade. Não é raro vermos condutores a transportar as suas bicicletas no carro. Quer em cima do tejadilho, num suporte de bagageira, num reboque ou dentro da sua viatura, há um conjunto de regras que deve cumprir.


Neste artigo, saiba como transportar a bicicleta no carro afeta a sua condução e quais as principais regras a que deve ter em atenção.





Como afeta a condução?


A primeira questão que deve ter em conta é que transportar a bicicleta no carro tem impacto na condução. O consumo de combustível é, desde logo, afetado, uma vez que ao aumentar o peso da carga da sua viatura e a resistência ao ar, o seu automóvel terá a necessidade de gastar mais combustível.


Além disso, os pneus do seu veículo poderão precisar de mais atenção. Se não verificar com frequência a pressão dos pneus, a distância de travagem e o risco de rebentar podem aumentar significativamente. Por isso, ajuste a pressão dos pneus à carga que transporta.


A segurança no transporte de bicicletas pode ser assegurada ao conduzir de forma mais tranquila. Em percursos urbanos, tenha atenção a, por exemplo, lombas e a entradas de garagem; em troços de montanha, deve ter especial atenção às curvas.



Soluções de transporte


No que diz respeito ao transporte de bicicletas, a lei é clara:


O transporte de bicicletas em automóveis ligeiros de caixa fechada, deve ser efetuado sobre o tejadilho do veículo ou na retaguarda do mesmo em suporte próprio, desde que não exceda as dimensões constantes da c) nº 1 ou d) do art.º 13º do Regulamento das Autorizações Especiais de Trânsito (RAET), aprovado pela Portaria nº 472/2007, de 22 de Junho, alterada pela Portaria nº 787/2009, de 28 de Julho, ou seja, não ultrapasse o comprimento de 0,45 metros para a retaguarda do veículo (além dos pontos extremos do veículo ou 1 metro para a retaguarda além do ponto extremo do reboque), e desde que seja salvaguardada a correta identificação dos dispositivos de sinalização e de iluminação e da matrícula. Al. g) do nº 3, do art.º 56º CE].

A par disso, a carga transportada não pode reduzir a visibilidade do condutor (alínea c do nº 3 do artigo 56º do Código da Estrada), nem prejudicar a visibilidade dos dispositivos de sinalização, de iluminação e da matrícula ou os contornos envolventes do veículo (alínea g do nº 3 do artigo 56º do Código da Estrada).


Sobre as diferentes soluções para transportar, as mais comuns são as barras de tejadilho, o suporte de bagageira, e os suportes de bola de reboque.


Barras de tejadilho


É a solução de transporte com menos regras associadas. Os três aspetos que tem de considerar são:


1 - Os limites do comprimento: 0,55 m para a frente e 0,45 m para a retaguarda, além dos pontos extremos do veículo;

2 - O limite de largura: a do automóvel;

3 - O limite de altura: não pode exceder os 4 m.


Suporte de bagageira


Estes suportes podem carregar entre duas a quatro bicicletas dependendo dos modelos de suporte e têm de cumprir três regras essenciais:


1- As bicicletas não podem ultrapassar a largura dos espelhos laterais;

2 - A visibilidade das luzes e da matrícula deve estar assegurada;

3 - Em conjunto, as montadas no suporte não podem exceder 45 cm do comprimento total do carro.


Suporte de bola de reboque


Estes são os suportes que mais multas motivam. São considerados unidades técnicas de extensão de carga e devem cumprir com a homologação europeia. Para os utilizar, a bola de reboque deve estar averbada no Documento Único e deve ser homologada com indicação da carga suspensa suportável. É, também necessário que seja removível e permitir o funcionamento das luzes de marcha-atrás presentes no suporte.


Tal como nos suportes de bagageira, as bicicletas não podem ultrapassar a largura do automóvel sob pena de ser necessária uma autorização especial e respetiva identificação.


Se tem uma viatura do grupos Volkswagen, tem diversas soluções para transporte de bicicletas disponíveis à distância de um clique. E se não sabe qual a solução de transporte mais adequada à sua viatura, a nossa equipa comercial pode ajudá-lo a encontrar a melhor opção.


Fontes:

Razão Automóvel

ACP

Circula Seguro



VISITE-NOS E ENCONTRE O SEU NOVO CARRO.

Rua Veloso Salgado 195

4450-801 Leça da Palmeira

Volkswagen: 22 999 02 00

Škoda: 22 999 61 17

Após-venda: 22 999 02 29

Siga-nos nas Redes Sociais.
  • Linkedin
  • Facebook Volkswagen
  • Facebook ŠKODA
  • Facebook DasWelt Auto
  • YouTube
  • Instagram